Rua Bahia, 41 - Bairro Brasil - Itu - SP

Melasma

Melasma é uma hiperpigmentação adquirida, mais comum na face caracterizada por manchas acastanhadas, de contorno irregulares, limites nítidos que provoca grande impácto na qualidade de vida do paciente.

Existem vários fatores envolvidos na sua formação, como influênias genéticas, exposição a luz ultravioleta, atividades hormonais entre outros, mas a exposição solar é uma das mais importantes causas do melasma. Acontece 50 a 70% das mulheres grávidas e até 34% das não grávidas que usam anticoncepcionais orais.

O seu tratamento uso de agentes clareadores associados a fotoproteção intensa, com preferência para os fotoprotetores físicos.

Outras modalidades terapêuticas podem ser utilizadas, porém a recorrência é frequente.

O paciente e a dermatologista podem tratar o melasma através do peeling, que pode clarear a pele de forma gradual e, muitas vezes, mais rapidamente que os cremes.

Também existe a possibilidade de usar laser ou outras formas de energia para ajudar no processo, ou ainda o microagulhamento, mas apenas um profissional especializado poderá dizer qual é a forma mais adequada caso a caso.